Skip to content

Sobre novelas e moda brasileira

julho 29, 2010

As telenovelas, como produtos inseridos no complexo funcionamento da indústria cultural, caracterizam-se por estratégias de continuidade e expectativas que conduzem e organizam as tramas. Juntamente com a repetição de fórmulas que rapidamente nos fazem reconhecer personagens e situações, as telenovelas, ao longo da história, se sofisticaram a partir de traços estilísticos de seus autores/roteiristas, introduzindo inovações a antigas estruturas.  Quem tem um vasto repertório televisivo sabe  que, no caso da rede Globo, por exemplo, existe todo um sistema de produção associado a temas e faixas de horários que se organizam segundo características da audiência. Mas, diferentemente do que muitos apocalípticos adoram alardear, a força das novelas não é resultado de uma imposição unilateral, mas sim do modo como ela consegue suprir as expectativas da sua audiência. Nenhum novela, a priori, tem garantia de sucesso. Inclusive, não são poucos os exemplos de telenovelas que foram rejeitadas por uma grande parte do público por tratarem de temas polêmicos ou por lançarem mão de pequenas inovações no formato, como foi o caso de “Bang Bang”, novela exibida no ano de 2005, no horário das 7, e que teve uma das piores audiências da emissora.

Hoje, existem muitos novos estudos que percebem a importância capital das telenovelas na formação de uma identidade brasileira, entendendo-as como pontos cruciais de auto-representação do país. Um dos maiores estudiosos no assunto é o grande filósofo Renato Janine Ribeiro que no texto “Brasil: entre a identidade vazia e a construção do novo” fala da grande contribuição das novelas à cultura de massas.

“Gabriela criticou o Brasil “profundo”, dos senhores do cacau no antigo sul da Bahia, e contribuiu em larga medida para dar forma à imagem do que podemos chamar de sensualidade progressista. Dancing Days foi elegante na sua leitura dos costumes urbanos no final, quase interminável, da ditadura militar. Roque Santeiro fez uma brilhante análise da história que fora esquecida – e mentida – sob o regime de exceção. Vale Tudo continua sendo, mais de dez anos decorridos, uma das mais implacáveis exposições que houve da corrupção, política e social, no País, e das esperanças que sobrevivem, ainda que tímidas, de se construir uma sociedade decente e justa. E cumpre notar que, além dessa rapidíssima evocação de seus “conteúdos”, ou de seu alcance político, foram, todas elas, novelas que revolucionaram a narração”. Renato Janine Ribeiro.

Assim como as telenovelas são bastante eficientes em retratar temas caros à história do Brasil, na moda, elas são as principais lançadoras de modismos país afora. Além do grande alcance (muito maior do que o de um SPFW ou Fashion Rio), as novelas conseguem captar as vontades populares, refletindo gostos considerados muitas vezes “duvidosos” em comparação aos padrões europeus que a moda segue. Com um olhar bem apurado e livre de pré-conceitos, é possível fazer um belo panorama dos gostos do brasileiro a partir das telenovelas.

As famosas meias de lurex da novela "Dancin' Days"

A revista Veja fez, recentemente, uma lista bem bacana com os 10 modismos de novela que fizeram mais sucesso. Entre eles, claro, a indefectível meia de lurex, da novela “Dancin’ Days”, o look Babalu, em “Quatro por Quatro”, e a cafonice tão brasileira da Viúva Porcina, em “Rainha da Sucata”.

Vale lembrar também que não foram poucas as telenovelas dedicadas ao tema moda. Nos anos 80, tivemos “Tititi”, responsável pelo lançamento do batom sensação “Boka Loka” e “Top Model”. Agora, temos um ressurgimento das novelas com essa temática, com “Viver a Vida” e o remake de “Tititi”, que atualiza o clássico com referências atuais de moda que vão da blogueira mirim Tavi à editora da Vogue Francesa, Carine Roitfeld.

Jacques Leclair: o costureiro de bairro metido a francês de "Tititi"

Se o remake de “Tititi” vai lançar novos modismos, ainda não sabemos. Tudo depende do sucesso da novela, da identificação e empatia do público com os personagens, assim como nos filmes e séries de TV, mas as chances são bastante grandes e eu espero muito ver!

**E termino esse post com um recado de Felix sobre a popularização da moda: “Moda foi feita para ser banalizada, quem não quer banalizar a moda compra a roupa TRANCA A CASA TODA, se veste e fica nua para ir à rua”.

10 Comentários leave one →
  1. julho 29, 2010 7:49 pm

    Não assisto novelas!!!
    kkkkkk “quem não quer banalizar a moda compra a roupa TRANCA A CASA TODA, se veste e fica nua para ir à rua”
    AAAAAAAAA mas, se a pessoa sair de casa vai acabar sendo influenciada pelo que ver na rua kkkkkk NÃO PODE SAIR DE CASA kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. julho 29, 2010 8:35 pm

    Estava lendo esse post enquanto assistia a Ti Ti Ti (confesso, eu assisto novelas..rs), e o mais interessante foi que bem na hora, apareceu uma cena em que a secretária da Malu Mader (Betty Gofman) avisava que vários nomes importante confirmaram presença em um evento, e começou a citar um rol de figuras da moda brasileira, que muito provavelmente aparecerão nos próximos capítulos. O mundo da moda se rendendo a importância das novelas.
    Gostando ou não, impossível negar que em nosso país, um modismo lançado em novela tem muito mais força do que uma passarela. Mas, não será assim em várias partes do mundo? Vide o frenesi em torno de cada temporada de Gossip Girl e Mad Men.
    Bjs

    • alinebotelho permalink*
      julho 29, 2010 8:44 pm

      Acredito que sim. Só acho interessante que quando é a moda de GG ou de Mad Men todo mundo acha ótimo, mas quando é de novela todo mundo torce o nariz. Sintomático, não?

  3. Palavras e Artes | Taís Ribeiro permalink
    julho 29, 2010 11:55 pm

    o único problema é que a svezes se parar pra pensar o que lançam como moda é feio, é deselegante, e as pessoas caem na armadilha do “ah nem gosto, mas ta na moda..” isso não concordo!

  4. julho 30, 2010 12:39 pm

    Uma amiga está fazendo o TCC de audiovisual relacionando a moda lançada por novelas e o comportamento da massa brasileira a consumindo… vou indicar o texto que acredito ter muito a ver com o que ela está pesquisando…
    E como alguém comentou, não vejo novelas, não porque não gosto ou qualquer outra coisa, até porque andei espiando alguns episódios de TiTiTI quando chego em casa, mas achei que era hora de algum blog de moda comentar a importância que a novela tem pra atingir a maioria da população, muito além de revistas especializadas no assunto… adorei! (:

  5. julho 30, 2010 5:25 pm

    Amei a frase que fechou o post, ri muito!

    Olha, a única novela que assisti inteira na minha vida foi Roque Santeiro no Vale a Pena Ver de Novo! Só tenho uma coisa a dizer: genial! No último capítulo ninguém casa, ninguém tem filhos, ninguém vive feliz para sempre… Viva Dias Gomes!

  6. amine permalink
    julho 31, 2010 7:56 pm

    !gente, viuva porcina foi uma personagem de roque santeiro e não de rainha da sucata, como vocês citam no post. regina duarte interpretou maria do carmo em rainha da sucata!

    • alinebotelho permalink*
      julho 31, 2010 8:28 pm

      No texto tinha colocado certo, mas na figura estava errado. Obrigada pelo toque, Amine! Beijos!

  7. agosto 7, 2010 9:42 am

    Gente… ora pois… quem não assiste novela e não gosta me desculpe não é brasileiro… e cá pra nós tem gente mesmo que tem vergonha ou não quer mostrar seu nacionalismo… imagine se a novela é um dos produtos que exportamos e sabemos fazer como ninguém… e além disso todo o referencial teórico, cultural, social do Brasil é exposto para o mundo dessa forma… e me desculpem os mais críticos das novelas brasileiras, mas acredito que o que eles acham péssimos ou banalizado na verdade entendo que se viram lá dentro muito mais do que qualquer outro… é natural do ser humano criticar sua imagem projetada nos outros… Acho que seria mais interessante se nos contribuíssemos mais com as telenovelas (não somente mas por se tratar neste post dessa discussão) seria mais fácil aceitar a nossa cultura…

Trackbacks

  1. Tweets that mention sobre novelas e moda brasileira -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: