Skip to content

Balanço Fashion Rio

janeiro 17, 2009


Nada muito novo, né? Nenhum desfile me impressionou muito nessa 14ª edição, porém alguns se destacaram por apresentar trabalhos competentes e um conceito mais consistente. Vou comentar os que mais gostei.

No segmento Rio Moda Hype a maior surpresinha foi a Julia Valle, que apresentou uma coleção de modelagens tradicionais modificadas em um programa de computador, o que faz com que as peças tomem diferentes formas assimétricas. O desfile ficou bem sóbrio e bonito, parecido com o da Acquastudio, que também gostei bastante. O outro destaque do Moda Hype foi a Fernanda Yakamoto, que se apresentou pela segunda vez no evento. A coleção dela é um sportwear moderno e arrojado, com cores que variam entre o cinza, o branco, tons de azul e lilás. A modelagem é muito bem feitinha e as roupas podem ser facilmente adaptáveis para o uso no dia-a-dia.

Seguindo a ordem do line-up, o primeiro desfile realmente legal foi o da Melk Z-Da. Tudo bem que as referências ao mundo fantástico de Alice no País das Maravilhas já estão super batidas, mas mesmo assim a grife fez um bom trabalho. O estilista se inspirou especificamente no personagem Chapeleiro Maluco, na hora do chá e, portanto, até toalhas de mesa e guardanapos foram usados para compor a coleção. Os destaques foram os bordados delicados e as peças com dobraduras. Na cartela de cores dou destaque para o uso do roxo e do lilás, que combinaram bastante com o mundo possível de Alice.

No terceiro dia o desfile estilo paixão a flor da pele do Victor Dzenk foi o meu preferido. A inspiração foi o tango e, por isso, o exagero, a sensualidade e o toque latino meio brega foram muito válidos. Tudo era muito dramático e o figurino poderia facilmente ser usado em um filme de Almodovar: batons vermelhos, estampas extravagantes, vestidos compridos esvoaçantes, decotes e fendas insinuantes. O desfile teve uma boa unidade e a apresentação ao vivo de uma banda de tango moderna deu um toque a mais.

O quarto dia de desfile foi o mais prolífico de todos, contando com muitas coleções boas. Teve a Graça Ottoni, com um desfile inspirado em antiguidades, trazendo belas saias e vestidos leves de efeito perolado. Teve também a Cláudia Simões com sua coleção inspirada em azulejos portugueses. As estampas geométricas ficam lindas e as saias e calças de cintura alta deixaram o desfile super chique. Depois vem a Marcella Virzi, que apresentou uma mulher poderosa vinda dos anos 80. O dourado e os cabelos armados foram os destaques e as formas triangulares presentes em algumas roupas deram um toque futurista à coleção.
A marca Ausländer é o maior hype. A idéia de fazer referência aos blogs que fotografam pessoas bem vestidas na rua foi bem legal. As cores chave foram o preto e o branco e choveram saias de cintura alta. Nesse mesmo dia teve o desfile da Acquastudio, todo gracioso e delicado. A marca apresentou um exercício de formas fractais com drapeados e babados geometrizados. A coleção aparenta ser muito simples, se visto por um olhar distraído, mas todas as peças apresentam uma incrível complexidade nos detalhes e na construção.

Por último, teve o desfile da Márcia Gamem. Já tive a oportunidade de entrevistá-la uma vez em 2005 e sei da total dedicação que ela tem com o seu trabalho. O desfile foi bastante conceitual e experimental, com peças construídas em gaze de fibra lyn. Seu trabalho artesanal apresenta bons momentos, mas às vezes se torna demasiado chato, devido às suas constantes referências éticas. Ela causa um certo estranhamento para o mal e para o bem.

Ufa, e amanhã já tem SPFW…

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: